Fazer um bom vídeo de produto
Maio 21, 2018
A nossa visão do atendimento ao cliente
Maio 21, 2018
Mostrar tudo

O que torna os produtos desejáveis

cartoon do newyorker.

Os produtos desejáveis estão por todo o lado. Na verdade, actualmente, a maioria dos que estão nas lojas são desejáveis. Estes evoluíram para terem a possibilidade de sobreviver no mercado.

Lutar por um segmento de mercado é difícil mas tansformador.

Ao ler este artigo, tente pensar num produto que use no seu dia-a-dia para cada um dos seguintes critérios.

Tentámos perceber o que torna um produto desejável e classificar as suas características por importância:

  • responde a uma necessidade existente no seu segmento de mercado e fá-lo melhor do que a concorrência. Claro que alguns produtos criam necessidades mas esses casos são raros e revolucionários.
  • têm um design muito atractivo. O design torna os produtos atractivos, cria um desejo de ter o produto. Na maioria das vezes o design do produto torna-se mais importante do que as suas características.
  • é novo, cria interesse, gera um buzz, torna-se viral. Sempre que olhamos para algo novo fazemo-lo com curiosidade e interesse, pelo menos por um segundo, ou até durante mais tempo se o primeiro segundo valer a pena.
  • aparece no mercado na altura certa – este é um bom atalho mas é também o mais difícil de coordenar.
  • Pertence a uma marca conhecida. Uma marca é uma promessa. A promessa de que o produto cuidará de nós. Gostamos das nossas marcas e elas gostam de nós.
  • Pode ser personalizado – cada vez mais a “moda” da personalização está a entrar no mercado de consumo e esta é uma vantagem sobre os produtos padronizados.
  • Tem uma embalagem atractiva – esta é quase uma obrigação. Uma boa embalagem é meio caminho andado, gera mais compras, assumindo que o produto não é mau.
  • tem um preço correcto – muitas vezes isso aumenta o fator desejável. Contudo, mesmo quando há produtos que são mais caros do que os produtos concorrentes existem outros factores que o podem tornar desejável. Por exemplo, podemos dizer que se um produto for mesmo bom e o preço for adequado, esta é uma receita para o sucesso.
  • faz os consumidores sentirem-se especiais.

Para um produto ser bem sucedido, pensamos que este deve conter pelo menos duas ou três destas caraterísticas. A não ser que consiga um bom atalho…

Obrigada por lerem.

Boa semana,

A equipa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

//]]>