#8 Eu é mais…Programação. – Devias usar SEO básico no teu website. Fica a saber porquê.
Maio 17, 2022
Mostrar tudo

#9 Eu é mais…Marketing Digital. – O copywriting nas redes sociais: o que devo e não fazer?

Qualquer um de nós quer ter sucesso nas redes sociais, seja a nível pessoal ou profissional, seja para ter mais alcance ou interação ou até para gerar mais conversões. Mas posso garantir-te uma coisa: se não tiveres um sentido de copy apurado nas redes sociais, os teus resultados podem não ser o que esperas.

Atualmente, os consumidores são bombardeados com milhões de conteúdos diferentes e por marcas com uma oferta semelhante, e é aqui que uma boa estratégia de copywriting entra para te diferenciares.

Ora repara: do que vale estares a falar sobre algo, no meio de centenas de pessoas com o mesmo discurso, se não tiveres nada que te caracterize? Ou do que vale estares a falar se o recetor não vai compreender a mensagem que pretendes passar? Nada! E isto também é válido nas redes sociais.

Desta forma, cada vez que escreveres um copy para um post orgânico ou patrocinado, deves certificar-te que a mensagem é transmitida e recebida com sucesso, utilizando as palavras para criares impacto e cativares a atenção de quem está do outro lado. É por isso que uma boa estratégia de copywriting exige um estudo prévio das necessidades do teu público, para que saibas com quem estás a falar, como deves falar com eles e quais são as suas necessidades. Não te foques em criar copys demasiado comerciais só para vender, foca-te em agregar valor!

A realidade é que uma boa estratégia de copywriting pode ser sempre melhorada quando apelas à emoção. Mas atenção: não vale apelares à emoção só para tentares angariar seguidores ou vendas. Define um propósito para a comunicação da tua marca e os resultados começam a fluir. Pensa comigo: ninguém gosta de estar numa conversa e alguém estar constantemente a falar de si ou até a elogiar-se, não é verdade? No mundo do copywriting, acontece exatamente a mesma situação. Define uma estratégia de copy autêntica, única – que reúna todos os objetivos e propósitos da organização, sem elogios ou vantagens -, envolvendo os teus seguidores na realidade da marca.

Serve isto para te dizer que é extremamente importante que comeces a pensar como consumidor, como alguém que também está do outro lado, e não apenas como leitor, para que escrevas textos com informações úteis. Cria valor aos teus seguidores!

Para que escrevas um bom copy nas redes sociais, deixo-te uma checklist útil:

O primeiro passo para fazer chegar o teu website ao público-alvo é garantir que o motor de busca sabe

  1. Conhece o teu público-alvo como a palma das tuas mãos (por exemplo, define personas);
  2. Define uma mensagem clara e objetiva;
  3. Utiliza uma escrita concisa: escolhe cuidadosamente as palavras que vais utilizar, para que não coloques algumas que não acrescentem nada;
  4. Escreve de forma a envolver os seguidores e fornecer informações interessantes em duas ou três frases ou parágrafos;
  5. Apela ao humor (sem exagero), pode ser uma boa solução;
  6. Utiliza um tom de voz descontraído, sem muitas formalidades.

Ainda assim, acredito que te estejas a perguntar “Mas o que devo evitar para ter um bom copy?”. Não é preciso te questionares mais. Ora cá está:

  1. Não utilizes termos demasiado técnicos, pois os teus seguidores podem não compreender;
  2. Não te centres só na marca/empresa, produtos ou no sucesso que esta pode ter no mercado;
  3. Não digas aos leitores coisas óbvias: fornece informações relevantes, cria valor!
  4. Não escrevas frases demasiados longas, palavras difíceis ou grandes textos. Keep it simple!
  5. Não escrevas sem um propósito, sem algo que te guie.

Eu sei que, na teoria, é tudo mais simples e fácil, por isso quero deixar-te dois exemplos de copy que foram feitos para marcas, onde a comunicação digital é da nossa responsabilidade:

Repara neste primeiro exemplo de copy, onde pegámos na letra da “Balada da Despedida” de Coimbra e adaptámos à essência das Pastelarias Vasco da Gama. Aqui, podes ver um estilo de copy autêntico e único, onde aliamos os produtos à tradição da cidade, sem que se faça alusão direta ao sabor ou às características dos biscoitos académicos.

Já neste segundo exemplo relativo à VetLouzan, um centro médico veterinário, podes ver um copy que apela a cuidados de saúde adequados a ter com um gato, mas também a puxar um pouco pelo humor dos seguidores da marca e o resultado está à vista nos comentários.

Por último, o melhor conselho que te posso dar é que treines e que revejas sempre o que escreves. Treina muito a tua escrita! Nada se faz sem treino e o mundo do copywriting funciona da mesma maneira, não te esqueças disso!

Os comentários estão fechados.

//]]>