#9 Eu é mais…Marketing Digital. – O copywriting nas redes sociais: o que devo e não fazer?
Junho 28, 2022
#11 Eu é mais… Design. – Estratégia de Marca e Processo Criativo.
Setembro 12, 2022
Mostrar tudo

#10 Eu é mais…Vídeo. – Trend 2022 | Short Videos

Durante a pandemia as pessoas foram reeducadas para o digital. Começaram a fazer compras online, a trabalhar a partir de casa e, claro, o foco nos seus seus dispositivos foi-se tornando numa dependência muito forte, alavancando o mercado de influência e a economia de criação de conteúdo.

Esta mudança no comportamento da sociedade fez com que as pessoas tivessem menos capacidade em se concentrar em algo, consumindo, compulsivamente, o conteúdo oferecido.

Uma das mais fortes tendências da atualidade são os vídeos curtos (ou short vídeos), assim sendo, esta nova trend veio ganhar expressão com a plataforma TikTok e à medida que outras as plataformas se adaptaram a este tipo de formato, como Instagram Reels.

Mas como captar  a atenção de uma pessoa que, com o passar do tempo, tem menos capacidade de foco?

Quando a nossa comida cai ao chão temos a regra dos 3 segundos para a salvar, neste caso temos 5 segundos para causar impacto no público e captar a sua atenção.

Tal e qual como acontece na visita a um website, se não for possível captar a atenção do utilizador, este irá abandonar e procurar uma nova oferta. Nos vídeos acontece exatamente a mesma coisa, ou seja, se não existir uma “química” entre o conteúdo e o utilizador a ligação vai perder para um swipe.

Desta forma a escolha de música, edição dinâmica, cor e os títulos é extremamente importante para prender a tua atenção e levar-te a absorver toda a mensagem.

Partindo para um caso prático, com as mesmas imagens vamos construir dois vídeos onde a perceção da mensagem e da marca vai ser completamente diferente:

Vídeo 1
Vídeo 2

O primeiro vídeo tem uma música que não se enquadra na imagem da marca, não tem tratamento de cor e não tem títulos. Desta forma, a mensagem que queremos passar fica confusa e praticamente inexistente.

O segundo vídeo tem em atenção todos os fatores, tornando a mensagem mais clara para o público, fortalecendo a comunicação e a mensagem passada.

Utilizando outro exemplo, como os restaurantes, representar a escolha dos ingredientes, a confeção dos produtos até saírem do forno, a equipa a provar o sabor da comida ou momentos mais descontraídos do dia-a-dia na cozinha, são boas ideias para despertar curiosidade no espectador, criando uma afinidade diferente com a equipa e com o serviço prestado.

O vídeo é visto como uma das ferramentas mais poderosas para o marketing, pois permite transmitir uma mensagem mais clara, mas também consegue representar os sentimentos da marca, o que contribui para a sua humanização e ligação com o utilizador.

A força e o alcance destas plataformas é gigante e oferece uma enorme oportunidade de construir confiança e conectar a um público mais amplo.

Os comentários estão fechados.

//]]>